Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Catarina (E No Desvario Seu)

Imagem
O texto abaixo é o monólogo inspirado no poema Ismália, de Alphonsus de Guimaraens, que escrevi para minha cena no espetáculo Da Placenta Ao Túmulo, apresentado em 2015 pela Cia de Segunda, equipe de teatro da qual fazia parte na época. O texto segue o roteiro de uma cena teatral, com todas as orientações de atuação necessárias. Caso queria usar só me avise, por favor! 
Formato do palco: flexível.

 ***
(em tom de desespero
- Catarina! Catarina! 
Luzes se apagam. Sai de cena e volta com as duas garrafas iluminadas. 
- Catarina, você está aí? Cadê você, Catarina? Alguém viu a Catarina? 
(Sai olhando no rosto de um por um dos presentes, iluminando com a garrafa. Escolhe uma pessoa da plateia para ser a “Catarina”). 
(Falando com a pessoa da plateia escolhida) - Catarina, é você? Deixa ver. Hmm, não, você não é a Catarina.  
(Senta-se no meio do palco e começa a conversar com a plateia. Ar inocente, como criança) - É que a Catarina vem me buscar hoje, sabia? Ela vem, ela me disse que vinh…

Ela Não Está Disponível

Imagem
Há vários critérios, vários requisitos que nos levam a querer iniciar um relacionamento com alguém. Talvez o primeiro que algumas pessoas citem seja a afinidade (é questão de afinidade, Bial!), ou talvez a beleza física dela – apesar de saber que apenas beleza não segura relacionamento. Mas, mais do que isso, levamos em conta uma série de fatores, nem sempre de forma totalmente consciente, antes de assumir para nós mesmos que estamos realmente afim de alguém e que queremos ter algo sério com ela: a forma como ela enxerga o mundo, como enfrenta problemas, como lida com a própria família, como trata os que tem situação financeira inferior, o que pensa do futuro, o que faz da vida, a forma como se arruma, como se veste, como vê as coisas pequenas da vida, como lida com as crianças, como se relaciona com as amigas e uma série de coisas que nem tem como citar aqui, de tão variadas que podem ser. Levamos tudo isso em conta antes de assumir: eu estou afim dela e quero – ou gostaria de – ten…