Ani Rocha | BloGirl #13



Por Wes Talaveira

Sabe essas mulheres seguras de si o suficiente pra levar a vida da forma como ela mesma acha melhor, sem se importar com o que os outros vão dizer ou pensar? Ela é um ótimo exemplo disso. 

Dançarina de funk, Ani Rocha não tem o menor receio em expor sua sensualidade, que fica nítida em cada foto ou vídeo que posta em suas redes sociais. Em seu canal no Youtube mostra todo o gingado da mulher brasileira quando dança de forma tão sensual que seu quadril parece ter vida própria. Erotização da mulher? Uso da imagem feminina como objeto de prazer? Ela prefere chamar tudo isso de liberdade de ser o que quiser, inclusive ser sensual. O uso que os outros irão fazer do que ela posta é problema dos outros, não dela. Ela apenas se diverte sendo ela mesma. Isso é ser mulher de verdade: ter segurança o suficiente para fazer o que quiser e ser quem ela quiser, seja santa, seja recatada, seja sensual. 

Por tudo isso Ani Rocha é a BloGirl de Janeiro do Quem Foi Que Disse.


(CONTEÚDO SENSUAL, DIRECIONADO A MAIORES DE 18 ANOS. SE VOCÊ É MENOR DE IDADE OU SE INCOMODA COM CONTEÚDO SENSUAL, SIGA PARA OS DEMAIS POSTS DO BLOG)

















































E para provar o que falo quando digo que o corpo dessa garota parece ter vida própria, veja você mesmo: 



Todas as fotos e vídeos foram retirados do Instagram da Ani Rocha.


***


A série BloGirl tem a tarefa de, mais do que publicar ensaios sensuais, reeducar os homens na forma como admirar a beleza feminina, com ou sem nu. Como? Expondo a beleza delas e ensinando os homens a admirar da forma certa.

Temos uma política de publicação específica para essa coluna. Saiba mais aqui. Quer participar da coluna? Envie e-mail para contato@quemfoiquedisse.com A/C Larissa Oliveira com seu perfil no Instagram. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com