Bianca Mello | BloGirl #10





Por Wes Talaveira



Ela ouve elogios o tempo todo, seja na rua, nos locais que frequenta ou lendo os comentários em cada foto que posta em suas redes sociais. Ela é linda naturalmente, sem precisar forçar nada. É até quando não tem a intenção de ser, daquelas que tem a genética natural.

Me desculpe, mas não há outra palavra que a defina tão bem quanto “gostosa”.

Mas calma, antes de qualquer coisa precisamos reposicionar a palavra “gostosa” - já tão desgastada por homens vazios que não sabem elogiar outra coisa em uma mulher a não ser o tamanho da bunda - até porque referir-se a uma mulher como “gostosa” é, na maioria das vezes, um desrespeito horrível; esse é um termo pejorativo que só alimenta o sexismo e a objetificação da mulher que tanto se tenta combater hoje em dia. Não, não é nesse sentido negativo que uso o termo “gostosa” para me referir a ela.  

Enfim, o que é ser gostosa? Gostosa é apenas a mulher de corpo bonito, seios fartos e bunda atraente? Não, não é isso. Até é, mas não apenas isso, é muito pouco. Isso qualquer uma, com uma rotina de treinos em academia ou alguns procedimentos estéticos e cirúrgicos, consegue ser. Ser gostosa é mais que isso. E ela é muito mais que isso.

Mas claro que, no caso dela, é não dá pra excluir o sentido erótico da palavra.





Gostosa é aquela mulher que constrange. É aquela que faz os homens ruborizarem pelo simples fato de estar presentes. Não há valentão nem pegador que não se sinta um bobo em sua presença. É impossível não olhar seus atributos físicos. Ela chama um homem sem dizer qualquer palavra. Diz muito quando apenas balbucia. Olhos profundos, penetrantes, cheios de sedução. Seja de minissaia ou de calça, top ou blusa, uniforme de trabalho ou roupa de academia, é provocante e desperta nos homens os desejos mais profundos e primitivos, a ponto de continuarem pensando nela pelo decorrer do dia, no mínimo. Gostosa é a mulher de curvas acentuadas que tornam a passagem de olhos um movimento espiral.

Mas, mesmo com todos esses atributos, ser gostosa é muito mais que apenas a beleza física. E ela é muito mais que isso.

Ela é também gostosa em sua atitude.






Gostosa é a mulher de personalidade, que não se compara com outras pois sabe que ela tem características que são apenas suas. É a menina indefesa que se encanta com as coisas mais simples da vida, é a mulher forte e decidida de si, independente, despojada, mas também despreocupada e leve, que não tem as neuras que tanto incomodam o universo feminino, pois é segura de si o suficiente pra saber que as vaidades são apenas complementos, coisas que não fazem a ela a menor falta. Gostosa é a mulher completa em si mesma, sendo apenas como ela é. E ela é tudo isso.

Ela é Bianca, Bianca Mello. Bianca Cravo e Canela.

Ela não é mulher para curtir; é mulher para se apreciar, admirar horas, dias, uma vida inteira. É daquelas que o tempo não vai alterar, pois a beleza dela está muito além do estético. A beleza está na alma, e essa o tempo não apaga, apenas aperfeiçoa.

Ela é única, mas ao mesmo tempo é mulher como qualquer outra. Ela é incrível por ser como é.

Gostosa qualquer uma consegue ser, mas gostosa por completo, como ela, é muito mais difícil.





*As fotos abaixo foram todas retiradas do Instagram da Bianca.















































































Todas as imagens foram retiradas do Instagram da Bianca Mello.


***

BloGirl é a coluna de ensaios sensuais do Quem Foi Que Disse. Temos uma política de publicação específica para essa coluna. Saiba mais aqui. Quer participar da coluna? Envie e-mail para contato@quemfoiquedisse.com A/C Larissa Oliveira com seu perfil no Instagram. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com