Sou Candidato Porque #2: Entrevista com Lívia Fidelix




Acredito no desenvolvimento sustentável com segurança, educação e competitividade industrial e comercial. Tem saída, mas é preciso mudar.
Lívia Fidelix 




Weslley Talaveira


Mais do que apenas entrevistar, o especial Sou Candidato Porque tem o objetivo de comparar propostas e visão de candidatos sobre sua cidade. Vamos conversar com candidatos a prefeito e vereador de diversas cidade e saber deles o que os motiva a querer ser candidato, e a mostrarem que estão preparados para isso.

A entrevistada de hoje talvez até nem seja tão conhecida assim, mas seu sobrenome é presença cativa em qualquer conversa sobre política nesse país, graças a seu pai Levy Fidelix, o "homem do aerotrem". Mas Lívia Fidelix quer provar que é muito mais do que filha de político famoso. Com boa formação universitária e uma carreira própria, ela tenta agora uma vaga na câmara dos vereadores de São Paulo, mesma cidade onde o pai concorre à prefeitura.

Em meio a agenda de campanha, Lívia conversou com o blog.


Veja também as entrevistas do especial #SouCandidatoPorque com Dodô Quarentão (PSL) e Soninha Francine (PPS).



Quem Foi Que Disse: Qual a função de um vereador? 
Lívia Fidelix: Além da elaboração e apreciação dos projetos de leis, o vereador tem ao meu ver uma importância ímpar na fiscalização do poder executivo em sua administração, uso do dinheiro público e aplicação dos serviços. A Câmara de Vereadores é um canal direto com a estrutura pública da cidade , por isso o vereador precisa atender a população em suas demandas. Infelizmente, nem sempre é assim e essa é a nossa luta aqui no PRTB. 

Por que ser vereadora? 
Primeiro porque sou uma paulistana apaixonada pela cidade na qual nasci e depois porque acredito piamente que posso contribuir para que nossa metrópole volte a ser referência em qualidade de vida e oportunidades com inclusão social. 

Além da política, qual seu ramo de atuação? 
Sou formada em Administração de empresa e Pós graduada em Liderança de equipes e Gestão de projetos, trabalho diretamente ao partido. 

O seu partido é o PRTB. Por que esse partido? 
Fico feliz com essa pergunta para poder colocar os pingos em alguns “is”. O PRTB – partido fundado pelo meu pai e líder nacional partidário – é uma legenda fechada com o progresso e que não abre mão de defender os valores cristãos e familiares. Nos acusam de sermos conservadores de direita, mas pouco se fala, por exemplo, que somos ficha limpa e que vários de nossos programas como o aerotrem, anel viário, seguro calamidade, moto medicos, onda verde entre outros são copiados pelos “partidos tubarões” com outros nomes (caso do monotrilho). Nesse sentido, sinto imenso orgulho do projeto que estamos pavimentando em um cenário político tão crítico. Sem ordem não há progresso. 

Qual sua relação com São Paulo? 
Como dito anteriormente, sou paulistana. Amo a cidade na qual nasci, cresci, estudei, trabalho, tive meu filho e o crio. São Paulo está em mim de todas as formas. 

Quais são as principais demandas da sua cidade? O que um vereador pode fazer para resolvê-las?
Defendo muitos projetos, mas acima de tudo lutarei por uma cidade que reaja diante da crise política e econômica que assola o Brasil. Porque isso será benéfico para nós e para o resto do país, uma vez que trata-se da cidade de maior pujança e que devido desgoverno atual. Acredito no desenvolvimento sustentável com segurança, educação e competitividade industrial e comercial. Tem saída, mas é preciso mudar. Se eu tiver que elencar uma bandeira principal, fico com o projeto da volta dos orientadores escolares em nossas instituições de ensino e o "fale direto" canal direto entre a população e as subprefeituras, precisamos resgatar esta comunicação e assim, realmente atender as necessidades e demandas dos munícipes. 

Caso seja eleita, como o eleitor poderá acompanhar seu trabalho? 
Defendo a transparência tanto nessa campanha para vereadora quanto para qualquer outra e, inclusive, uma de minhas plataformas é o “Fale Direito” – uma ouvidoria entre a prefeitura e o munícipe. Desta forma, meu gabinete e redes sociais estarão sempre acessíveis para quem quer que seja. 

Quem você está apoiando para prefeito? Por que? 
Levy Fidelix – muito mais porque acredito do que por ser meu pai de quem muito me orgulho. O que nos une aqui não é só parentesco, é projeto. 

Pra encerrar: porque o eleitor deve escolhê-la como vereadora? 
Quem defende uma política limpa e livre de fisiologismo que luta por uma cidade mais humana, igualitária e fechada com a família, valores cristãos tem em mim uma representante inteiramente ligada com esse projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com