Mas quem é o Amarildo?


Digamos que 40% do Brasil está perguntando: cadê o Amarildo? 20% não está nem aí pra quem é ou deixa de ser o Amarildo. E outros 40% querem saber outra coisa: quem é esse tal Amarildo que todo mundo fala?

É pra esses últimos que esse post é direcionado.

Vamos lá, quem é Amarildo? Algum cantor novo de funk melódico, tipo o Naldo e a Anitta?
Não, ele não canta nada, não. Na verdade é um pedreiro morador de uma favela do Rio que sumiu depois de ter sido levado pela Polícia para "averiguação".

Mas o que aconteceu com ele?
Ele foi abordado na porta de casa em 14 de julho por quatro policiais da UPP da Rocinha, que o confundiram com um traficante da região. Foi levado para a sede da UPP para averiguação, e depois disso sumiu. Ninguém teve mais qualquer informação sobre ele.

Ah! Mas só isso? Tanto barulho só por isso?
Pensa: um cara comum, sem nenhum antecedente criminal conforme foi confirmado pela Polícia, é levado por policiais e depois some do nada. Não existem câmeras que provem onde ele esteve, pra onde foi. Nada. 

Mas o que querem dizer: que ele foi morto pelos policiais?
Não é o que se diz, mas a Polícia precisa explicar o que aconteceu com ele. Chegaram a fazer um exame de DNA numa mancha de sangue encontrada numa viatura da Polícia, mas não era o sangue do Amarildo. Enfim, não é possível dizer o que aconteceu com ele, mas a história é muito estranha. 

Mas será que ele era tão inocente assim? Sei lá, morador de favela...
No Brasil todo mundo é inocente até que se prove o contrário. Mas na prática não é assim, e essa ideia está não só nas Instituições, mas na cabeça do brasileiro, como nessa pergunta. Sabemos muito bem que pobre, favelado, negro nem sempre é inocente até que se prove culpa. Na verdade, as vezes na prática acontece o oposto. Primeiro se acusa e se faz algum tipo de "justiça", depois averigua se o infeliz realmente tinha alguma culpa. 

Mas não pode ter sido algum traficante que tenha matado o Amarildo?
Quem sabe? Como não existem suspeitos nem nada que conduza a nenhuma linha de investigação, qualquer hipótese e levada em conta. O fato é que tem meio mundo atrás dele: Ministério Público, a Divisão de Homicídios da polícia, até a Anistia Internacional está de olho no caso. 

Mudando de assunto, esse Amarildo parece o Zina do Pânico, né?
É, parece... ¬¬

Onde está o Zina, agora?
Olha, não vamos perder o foco do assunto, OK?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com