Show Me the Place



Ele esteve no auge, caiu por causa do álcool e da depressão, se isolou num mosteiro budista, saiu de lá e, depois de descobrir que estava totalmente curado da depressão, viu que havia perdido tudo, depois de sofrer um golpe da então namorada que havia ficado responsável por administrar os bens. Agora, aos 77 anos, trabalha mais do que nunca.

Sim, estou falando de Leonard Cohen, uma das melhores vozes de um estilo americano bastante peculiar. Dono de uma voz grave e potente, ele precisou voltar ao batente e produzir mais músicas, para repor as perdas financeiras do golpe que sofreu. E, apesar da situação desagradável, os fãs agradecem por ter Leonard de volta. E com músicas inéditas. O novo álbum Old Ideas é a prova de que, se as amarguras que sofreu doeram em Leonard Cohen, elas serviram para inspirá-lo a fazer o que ele sabe de melhor: belíssimas músicas. Músicas como Show Me the Place mostram bem isso: "mostre-me o lugar / onde o sofrimento começou / as confusões vieram / e eu salvei o que pude". É impossível não se identificar, em algum momento, com as letras dele.

Veja Show Me the Place:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com