A "caridade" dos blogueiros e tuiteiros no Teleton

O SBT levou mais uma vez ao ar o Teleton AACD, versão brasileira do Teleton americano, que nada mais é do que uma maratona em prol de alguma causa beneficente. Aqui no Brasil o Teleton ajuda a AACD, instituição que há anos ajuda crianças e adultos com deficiência física a recuperar mobilidade e condições de vida que seriam praticamente impossíveis de se conseguir sozinho. O trabalho da AACD é algo fantástico. Moro um pouco perto da sede da AACD, aqui em SP< e sempre que passo por lá vejo crianças dos mais diferentes tipos, sempre acompanhados por mães que deixam tudo para atender o filho deficiente. É um trabalho lindo, emocionante mesmo, principalmente quando pensamos que boa parte do que é feito lá é de forma voluntária. Sim, quem trabalha lá não recebe um centavo pelo que faz. Ou seja, é puramente pelo amor ao próximo. Coisa bonita de se ver, mesmo.

No Brasil, o SBT pede uma vez por ano doações para a AACD, e com esses eventos do Teleton já conseguiu bastante coisa, como construir unidades no interior, equipar hospitais e mais uma série de coisas aue já foram feitas através dessa maratona de doações. É legal quando você pensa que o SBT é uma emissora comercial que depende de sua programação e da propaganda que veicula para existir e pagar as contas, e vê que a emissora dedica um dia inteiro da sua programação apenas para o Teleton, sem programas de auditório, sem novela, sem horário nobre nem nada. Um dia inteiro ofertado à AACD. A atitude do Sílvio Santos é algo admirável.

Aí desde 2010 o SBT teve a brilhante ideia de convidar blogueiros e tuiteiros para participar do Teleton e pedir doações na net. A ideia, que veio da filha do patrão Daniela Beyruti, era usar a força das redes sociais e fazer os internautas, geralmente sem nenhum comprometimento social, se envolverem na campanha. A iniciativa foi legal, principalmente porque o SBT é hoje uma das únicas emissoras que dá valor de fato às redes sociais e aos internautas. Mas a prática revelou uma coisa curiosa. Ao convidar blogueiros e tuiteiros para o Teleton, o SBT conseguiu algo quase impossível: fechou a boca de subcelebridades da web, piadistas, aspirantes a "stand up" e gente que vive de rir do outro que teriam no Teleton uma fonte inesgotável de piadinhas de gosto duvidoso. Ao invés de fazer graça com as "celebridades" que passam pelo palco, os "tuiteiros" enchem a TL de todos pedindo exaustivamente doações.

"E qual o problema disso, Wesley?". Nenhum, mas aí fico pensando se esses mesmos tuiteiros e blogueiros estariam pedindo exaustivamente essas doações se não tivessem sido convidados para participar. Será que levariam tão a sério o assunto se estivessem em casa e não no estúdio do SBT conhecendo cantores e artistas (alguns deles vão conhecer até mesmo o Sílvio Santos)? Ou seja, como foram convidados para participar do programa, evitam qualquer piada e se travestem de "pessoas caridosas". Até elogiam artistas que durante o ano todo foram motivo de chacota. Se não estivessem lá estariam rindo das participações e fazendo piada de "humor negro" assim como fazem com outros assuntos tão delicados como as as crianças deficientes da AACD. Será que se eles não estivessem lá o Fernandinho, o menino de 10 anos que todo ano está presente no Teleton fazendo todo mundo rir com seu jeito engraçado e estabanado, seria visto como uma "coisinha fofa", ou seria alvo de piadas chatas assim como a Maísa era até pouco tempo?

É curioso como essas "sub-web-celebridades" conseguem "dançar conforme a música", como diziam antigamente. Quando não há nada em jogo falam o que pensam e dane-se o mundo. Quando é conveniente, se calam e mostram uma imagem que qualquer um sabe que não é a deles. Vi tuiteiro no Teleton que eu nunca vi durante o ano envolvido em nenhuma causa. Aí como foi convidado para participar do Teleton se mostra caridoso, se dizendo emocionado com o trabalho da AACD. Será que você está emocionado mesmo ou é só mais uma personagem atuando no palco das bondades?

Para quem não entendeu o que eu quis dizer: não condeno de forma alguma o Teleton e o trabalho do SBT. Pelo contrário, a cada ano que o Teleton é feito admiro mais um pouco o Sìlvio Santos, que cede um dia de sua emissora, e logo um sábado, dia importantíssimo pra TV, para se dedicar a uma causa nobre como a causa das crianças deficientes da AACD. O que critico é a pseudo-bondade dos tuiteiros convidados para o programa, que se mostram como pessoas humanizadas por conta da conveniência de estar em uma das maiores emissoras do Brasil, mas quando estão foram são totalmente descomprometidos com causas sociais.

Mas, é assim mesmo. Parafraseando o que São Paulo disse na Bíblia, o importante é que, de qualquer forma, seja por motivos falsos ou verdadeiros, as crianças da AACD vão ser mais uma vez beneficiadas. Que bom!

2 comentários:

  1. Inveja por não estar lá, amigo ? Parece hein...

    ResponderExcluir
  2. teleton deve dar uma BOA restituição no IR

    ResponderExcluir

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com