#Opinião: Pós-graduação: quando e qual fazer?


César Leão

Olá leitor do Novas Idéias, tudo numa boa?

Esse é um questionamento que abate muitos formandos às vésperas de sua formatura: Emendo um mestrado? Faço uma especialização? Vou direto pro mercado de trabalho? Nesse momento fica complicado manter o equilíbrio da relação formação-experiência, e em partes pelo próprio mercado de trabalho.

As empresas pedem, em muitos casos experiência para o jovem que terminou a sua faculdade e quer entrar no mercado de trabalho. O jovem profissional sabe que tem um potencial a oferecer, só que em muitos casos o estágio é pouco valorizado como experiência, sendo que, quem já foi estagiário sabe, em muitas empresas quem mais trabalha é o estagiário.

Na ânsia por conseguir uma colocação no mercado o jovem profissional se lança aos cursos de pós-graduação para melhorar a sua formação, vem um questionamento: Lato Sensu ou Stricto Sensu? E qual a diferença entre eles?

Cursos de Aperfeiçoamento e de Especialização são Lato Sensu, ou seja, são aprendizados de sentido amplo, em oposição, o Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado são Stricto Sensu, são abordados temas de sentido mais restrito. Em melhores palavras, uma Especialização em Gestão Ambiental vai abordar conteúdos gerais de gestão e gerenciamento do meio ambiente, já um Mestrado em Gestão Ambiental vai abordar uma área específica e desenvolver técnicas de gestão e conservação do meio ambiente.

Partindo do que foi dito nesse último parágrafo, o jovem profissional deve saber que tipo de formação está buscando e saber que portas essa formação oferece. Na grande maioria dos casos, cursos Stricto Sensu são mais voltados para a vida acadêmica e de pesquisas, e os Lato Sensu são mais voltadas a profissionais que estão no mercado de trabalho e querem ampliar seus conhecimentos, dominar novas ferramentas.

Além de tudo isso, é fundamental que o jovem avalie qual tipo de formação é mais interessante para o mercado em que ele pretende se inserir. O mercado anda cada vez mais acirrado e competitivo portanto, devemos estar de olho no que ele pede!

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com