O deus dos evangélicos não existe

Li um texto bem interessante no blog do Izzy Nobre, criticando e contestando algumas "teorias" dos cristãos. Concordo com cada crítica dele, e deixei lá o seguinte comentário:

"Izzy,
Mto bom o seu texto. Eu cresci em igreja evangélica (Assembleia de Deus) e me decepcionei ao ponto de entrar em depressão e desenvolver doença psicossomática (psoríase). Não sou ateu, mas concordo com você: o deus que os evangélicos e católicos pregam não existe. Mas não sou ateu. Creio em Deus, mas um deus totalmente diferente do que é berrado nos púlpitos. Os religiosos são mestres em usar a Bíblia de acordo com a sua conveniência, apenas pra justificar aquilo que eles querem acreditar. Não considero a Bíblia um livro sagrado, mas um livro histórico que nos trás acontecimentos antigos e principalmente, a mensagem de Jesus Cristo. Por ser um livro histórico, pode sim ter erros (e tem, muitos!).

Frequento uma comunidade religiosa em São Paulo que vai na contramão do que é dito no movimento evangélico brasileiro. Tenho aprendido muito sobre o que Jesus disse acerca de Deus e da vida, principalmente porque lá confrontamos os ensinamentos de Cristo com o de filósofos como Sócrates, Nietszche (sim, o tão demonizado pelos cristãos disse muita coisa parecida com a mensagem de Jesus Cristo). O Deus que Jesus anunciou não tem qualquer participação em nenhum acontecimento natural nem dá “ajudinha” a ninguém. Ele não “permite” nem “envia” terremotos ou chuvas castigantes. O Deus que Jesus anunciou não tem qualquer envolvimento em processos que gerem vítimas. Onde está esse Deus, então? Está nas pessoas que se mobilizam de coração para ajudar o desabrigado, a alimentar o que tem fome.

Quando Jesus disse sobre lançar as “perolas aos porcos”, não tem nada a ver com evangelização (alias, o que os crentes falam sobre evangelização não tem nada a ver com a mensagem de Cristo, tb). Ele disse exatamente ago que acontece mto hoje em dia: usar o nome de Deus pra esconder falcatruas e canalhices. Gente que rouba milhões e justifica dizendo que é para a “obra de Deus”.

Pra concluir (já ficou grande demais... haha) concordo com cada ponto que você escreveu e com cada crítica que você faz. E concordamos: o deus que os evangélicos pregam não existe. Ao longo dos anos, a Igreja Católica distorceu o que os apóstolos ensinaram; a Reforma Protestante tentou corrigir, mas trouxe consigo as tradições católicas e acabou não corrigindo nada. E o resultado foi: milhões de pessoas desacreditadas da mensagem crista no mundo. Infelizmente.

Grande abraço"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com