Obrigado, Marina!



Infelizmente, o Brasil mostrou nessa eleição que ainda não está preparado o suficiente para escolher pessoas comprometidas com a sustentabilidade, com o crescimento ordenado e responsável, com o debate de ideias, a discussão de temas importantes para o Brasil. A oportunidade que o Brasil tinha de dar um passo além, de romper com o plebiscito do "a favor X contra" foi perdida nas urnas. O Brasil ainda prefere pessoas que tenham cara simpática, discurso que agrade a gregos e troianos, subcelebridades, pseudo-humoristas, gente que usa e abusa dos clichês para parecer convincente. O Brasil mostrou estar muto longe da imagem de povo civilizado e moderno que as propagandas mostram. Talvez isso seja resquício do Brasil da Ditadura, formado por gente que ainda não sabe se posicionar para coisas que não sejam o eliminado do Reallity Show.


Como você deve ter acompanhado, aqui mesmo no blog eu abri meu voto à Marina Silva, do PV, por me identificar com o projeto dela. Participei, com muito orgulho, da #ondaverde que tomou conta do Brasil e foi assunto de revistas e até de estudo sociais em importantes universidades. Marina conseguiu envolver em sau campanha gente totalmente avessa e alheia ao discurso político. Conseguiu reunir à si gente totalmente oposta. Conseguiu fazer ateus falarem sobre religiosidade, e evangélicos reverem posição sobre aborto. Trouxe para sua campanha gente que nunca sequer se imaginaria apoiando uma mulher feínha, missionária da Assembleia de Deus, de voz irritante e vinda do Acre.  Isso porque a forma como a Marina pensa o Brasil, sua cabeça aberta para o novo, a forma como ela encara temas polêmicos sem usar nenhum clichê, sua visão da religião e como conseguiu conciliar tão bem a fé a temas polêmicos foram simplesmente encantadores. Marina conseguiu cumprir a única promessa de campanha feita por ela: resgatar o sonho. Talvez pessoas como a Marina sejam, mesmo, apenas um sonho num país de Sarneys. Isso e mais algumas coisas me levaram a votar 43 nessa eleição. Nao só nela, mas também na legenda dela para São Paulo: @Fabio_Feldmann e Ricardo Young @RYoungSenador, além de ter apoiado as campanhas de @AleYoussef para deputado federal e @ClaudinhoGaspar para deputado estadual, ambos do PV. Todos eles gente comprometida com o novo, com o mesmo perfil da Marina. E, respondendo ao senador Álvaro Dias, do PSDB, que disse na Band que a campanha da Marina existiu apenas para levantar bandeiras e não para ganhar, afirmo que a certeza do segundo turno era visível entre os militantes do partido. Todos tinham sim o desejo de ver Marina Silva como a primeira mulher presidente do Brasil. Todos acreditaram na Marina. E continuam acreditando, tamanha a empolgação que vi entre os membros do Movimento Marina. Eu também continuo acreditando na Marina. Pra mim, ela vai continuar sendo um modelo de gente que vence as adversidades, sejam elas uma pobreza e analfabetismo no seringal do Acre, seja uma contaminação por mercúrio. Marina ainda é pra mim quem representa o verdadeiro "país do futuro", um país desenvolvido, mas com cara de Brasil, com cara de "Silva".


Com o cenário que se formou no segundo turno, não vejo a menor perspectiva de que as ideias sustentáveis de desenvolvimento possam ser aplicadas no Brasil dos próximos 4 anos. Estamos fadados a ver novamente o modelo desenvolvimentista que vem arrastando o Brasil para um caminho retrógrado, baseado no trabalho braçal e na exploração do petróleo. Como se não bastasse isso tudo, a campanha do segundo turno vai ferver, com emoções à flor da pele. Tucanos X petistas vão se digladiar como "nunca anres na história desse país".

E eu prefiro ficar de fora dessa guerra. Tenho motivos (?) pra votar no PT e no PSDB. Conheço gente boa no PT e no PSDB. Tenho amigos bons que apoiam Dilma e que apoiam Serra, e prefiro não me indispor com nenhum deles. Na internet, principalmente, conquistei muitos amigos bons, gente que se tornou especial pra mim, e que agora pode se dividir. Não quero me indispor com eles (principalmente por política!) então prefiro me ausentar um pouco dos assuntos políticos durante essa nova eleição que se formou.

Por isso, prefiro não revelar meu voto, nem posicionar o Blog Novas Ideias a favor de qualquer das duas candidaturas. Nao vou anular, pois não acredito ser esse o melhor meio de exercer democracia. Prefiro fazer do meu voto o que ele realmente deve ser: secreto.

E bola pra frente, porque ainda tem muito chão pra se caminhar.

Quem disse que só tem um jeito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade para comentar, acrescentar ou discordar de algo. Mas lembre-se que que escrevo aqui reflete apenas a MINHA opinião, e essa opinião pode nem sempre ser a mais ideal.

Caso tenha dificuldade de escrever por aqui (o Blogger sempre gosta de dificultar as coisas) envie email para weslleytalaveira@blognovasideias.com